Transferências de crédito habitação triplicaram em 2023

26 Junho 2024

As transferências de crédito habitação entre instituições bancárias representaram 27% do mercado do crédito em 2023.

Com a escalada das taxas Euribor e do custo de vida, a renegociação ou transferência dos créditos habitação tem sido umas das soluções utilizadas para reduzir a carga mensal dos portugueses.

Segundo dados do Banco de Portugal, enquanto em dezembro de 2021 a renegociação representava apenas 6% das novas operações de crédito para habitação própria e permanente, em dezembro de 2022 alcançou os 22%.

Também as transferências de crédito habitação tiveram uma subida acentuada, representando em 2023 27% dos negócios realizados no mercado do crédito, ao contrário dos 8% registados em 2022.

Isto deve-se ao facto de um maior número de titulares de crédito ter começado a procurar soluções mais vantajosas para a subida da prestação dos seus créditos habitação com taxa variável.

Além disso, também a isenção da comissão de reembolso antecipado no caso de crédito para habitação própria permanente a taxa variável contribuiu para este aumento de transferências. 

O Banco de Portugal atribuiu esta subida também à crescente atuação dos Intermediários de Crédito, que terão contribuído para a redução dos custos associados à procura de informação.

 

COMO FUNCIONA UMA TRANSFERÊNCIA DE CRÉDITO?

A transferência do crédito habitação consiste em pedir um novo crédito e em amortizar antecipadamente o crédito atual. Ao fazer a transferência, o banco para o qual está a transferir o crédito vai pagar todo o empréstimo ao banco com que celebrou o contrato inicial. 

Esta transferência de instituição bancária pode trazer poupanças de centenas de euros aos mutuários, uma vez que lhes permite usufruir de condições mais vantajosas noutros bancos, como redução no spread ou TAEG mais baixa.

De momento, muitos bancos têm campanhas que cobrem a totalidade ou parte dos custos de transferência, como as comissões bancárias, a escritura e outras despesas associadas à transferência do crédito à habitação.

Para encontrar a solução ideal, o melhor é recorrer a um serviço certificado de Intermediação de Crédito, como a SI Crédito, uma vez que conseguimos analisar caso a caso e pesquisar junto dos nossos parceiros as soluções mais vantajosas para baixar as prestações mensais do crédito habitação.

Este serviço de Intermediação de Crédito é gratuitoFale connosco para saber como podemos ajudar!

Publicações Recentes

Quais as vantagens de ter uma casa ecológica e sustentável?
Quais as vantagens de ter uma casa ecológica e sustentável?
1 Julho 2024

Sabia que, em 2023, o Dia da Sobrecarga da Terra (Earth Overshoot Day), momento em que os recursos naturais disponíveis para o ano inteiro chegam ao seu limite, registou-se a 2 de agosto? Ou seja, em sete meses, a humanidade consumiu mais recursos naturais do que o planeta é capaz de regenerar no período de 365 dias.

O QUE SÃO CASAS ECOLÓGICAS E SUSTENTÁVEIS?

Diretiva da UE sobre a eficiência energética dos edifícios - O que vai mudar?
Diretiva da UE sobre a eficiência energética dos edifícios - O que vai mudar?
1 Julho 2024

Sabia que os edifícios são responsáveis por cerca de 40% do consumo de energia e por mais de um terço das emissões de gases com efeito de estufa nos 27 Estados-membros da União Europeia?

Essa é uma das razões que fez com que recentemente fossem votados e aprovados em Parlamento Europeu os planos para reduzir o consumo de energia e as emissões de gases com efeito de estufa no setor dos edifícios.

Governo aprova novas medidas para a habitação
Governo aprova novas medidas para a habitação
29 Maio 2024

Na passada quinta-feira, dia 23 de maio, o Governo aprovou várias medidas relacionadas com a habitação, maioritariamente destinadas aos jovens. Veja aqui o que muda.

Algumas das medidas aprovadas foram a reforma do IRS Jovem, a isenção do IMT (Imposto Municipal sobre a Transmissão Onerosa de Imóveis) e do Imposto do Selo na compra da primeira habitação, para jovens até aos 35 anos, a garantia pública para a compra de casa e uma mudança estrutural no programa de apoio ao arrendamento Porta 65.

Isenção de IMT e Imposto do Selo